Páginas

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Sobre o movimento do busão em Vitória da Conquista



Participei ontem da manifestação em Vitória da Conquista e não gostei do que vi . A manifestação estava desorganizada , haviam dois grupos , casa um com um carro de som diferente , bradando coisas diferentes , não se ouvia o que eles diziam , nem tão pouco eles direcionavam o povo .
Acredito que a manifestação é extremamente importante mas há que se definir pelo que estão protestando , onde querem chegar com a manifestação e como fazer , enquanto um grupo queria assembléia em pleno terminal , outros queriam seguir com a manifestação e tinha ainda aqueles que estavam lá só pelo oba oba .
Sabemos que muitos realmente estavam ali pelo oba oba , mas isso deveria ser ignorado , visto que quanto mas pessoas estivessem na manifestação , mesmo os que não tinham interesses políticos , seria interessante para mostrar a sociedade a força do movimento . Em vez de gritarem palavras de ordem , os falantes dos carros de som estavam incomodados com o pessoal do oba oba e com interesses próprios de seus partidos e o que era pra ser um protesto pelos interesses coletivos , virou disputa por interesses individuais.
Eu não critico aqueles que estavam ali para defender seus partidos e suas ideologias , mas isso não deveria estar camuflado e não deveria gerar tantas discussões , afinal , independente da bandeira que se carregava , todos queriam o mesmo (pelo menos eu acho que deveria ser ) .
O ruim de toda essa confusão é que aqueles que estavam assistindo e que deverem ser incentivados a participar ficaram pensando que aquilo era algo bagunçado e com isso o movimento, que é algo sério , perde credibilidade .
De certa forma , esta falta de foco não é exclusividade de Vitória da Conquista  pois o manifesto virou algo tão plural , que é difícil definir o que se quer . Talvez o brasileiro ainda não esteja acostumado com o ato de protestar e esse fenômeno que está acontecendo é algo novo e por vezes  inexplicável .