Páginas

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Uma menina e um diário



Aquele manual de instruções que você queria ,não soube procurar ,por isso não encontrou.Tantas palavras me descrevem ,não sou dessas que se julgam indecifráveis.
Não se atenta à minha prosa ,à minha palavra ,ou sei lá como se denomina isso,são anos de manuscritos velhos e guardados com palavras feitas pra você me achar.
É o que dizem ,diário é coisa de pré-adolescente ,por isso escrevo esporadicamente ,assim não é um diário ,apenas palavras pensadas.(Ana Souto)

Uma garota uma vez escreveu um diário e ele se tornou um livro emocionante que são os relatos desta menina judia crescendo no cenário de terror da Alemanha nazista que morreu aos 15 anos em um campo de concentração.
O livro se chama Diário de Anne Frank e vale a pena ler.