Páginas

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Falta de respeito com o estudante e burocracia no recadastramento do cartão de passe escolar



Hoje passei por um grande estresse indo para a universidade e gostaria de compartilhar com vocês



Como vocês sabem , a cada semestre é necessário recadastrar aquele cartão de passe estudantil idiota , temos que comparecer ao local que coloca o passe com os documentos em mãos para provar que ainda  existimos e estudamos e desbloquear o cartão. 
Pois bem , hoje seria a data do tal bloqueio e ontem eu , para evitar passar pelo constrangimento de passar pela catraca e estar com o cartão bloqueado , me adiantei e fui até o local realizar o recadastramento , sendo que para isso tive que perder a primeira aula. Chegando lá foi uma confusão geral , pois não informaram que ,  a partir de agora necessita (de novo) apresentar um comprovante de residência , muitas pessoas que estavam ali tiveram que voltar para casa e buscar o tal comprovante . Fui atendida por uma mulher que estava extremamente entediada e irritada (não sei com o que ) que não informava nada .
Após toda esta burocracia , sem necessidade , hoje pela manhã meu cartão , para a minha surpresa e raiva , estava bloqueado! Passei pelo constrangimento  que tentei evitar,  de entrar no ônibus sem dinheiro e o cartão não passar , para a minha alegria o cobrador compreensivo permitiu que eu ficasse no ônibus sem pagar. 
Liguei para a central de atendimento para reclamar , disseram que eu deveria voltar ao local para verificar o que aconteceu , o fato é que chegando lá a atendente insistia que estava bloqueado ou não tinha passe , mas para o azar dela existe uma lista que a gente assina provando que compareceu ao local , na fila havia outras pessoas que também passaram pelo mesmo problema .
Emfim , cartão desbloqueado , procurei alguém com quem reclamar do que aconteceu e não existe nenhuma pessoa para a qual se dirigir , nenhum telefone ou e-mail. 
Acho uma falta de respeito com os estudantes , não há cartazes informando a data do bloqueio do cartão , não há informação quanto aos documentos necessários , não há supervisor responsável pelas atendentes que , segundo o crachá delas , estão em treinamento e no meu caso , não há ressarcimento do valor da passagem que paguei  . 
Me digam , para que precisa tanta burocracia para ser exercido o direito do estudante de pagar meia passagem ? As instituições enviam a lista de matriculados todo semestre , bastava bloquear o cartão apenas de quem não está na lista , acredito ainda que os ônibus e no local onde se recarrega o cartão deveria ter as datas do bloqueio para que os alunos não fossem pegos desprevenidos como foi o caso de muita gente hoje .