Páginas

terça-feira, 17 de julho de 2012

Manifesto para quem não me quis




Eu não sei na verdade quem eu sou,
Já tentei calcular o meu valor,
Mas sempre encontro sorriso e o meu paraíso é onde estou...

Percebi que a cada minuto
Tem um olho chorando de alegria e outro chorando de luto
Tem louco pulando o muro, tem corpo pegando doença
Tem gente rezando no escuro, tem gente sentindo ausência!

E eu percebi , o mérito não é só meu ... e tanto faz de quem eu vim , por onde entrei deve haver uma saída , e eu vou me libertar dessas magoas do passado que me fazem acreditar que não tive valor pra alguém .

Eu não sei na verdade quem eu sou , mas sou !