Páginas

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

A estigmatizarão da mulher através da figura das princesas da Disney




Que menina nunca brincou de princesa na infância e quis estar em perigo para ser salva pelo príncipe? Quem nunca quis ser linda e vestir um vestido bonito como a cinderela?
Acreditem, estes nossos desejos de infância se refletem muito no nosso modo de pensar na vida adulta, as mulheres são levadas a achar que  têm sempre que estar bem vestidas, bem cuidadas e precisam de um homem e uma família para serem consideradas bem sucedidas.
Um exemplo atual são os comentários a respeito da imagem da presidente Dilma, dizem por ai que “ela anda acabada e com cara de cansada”. Bem, se a presidenta não estivesse com cara de cansada ela não seria humana. E que coisa terrível ser mulher por essas bandas, não? Você não pode nem ter cara de cansada em paz que logo é xingada de acabada. Outros dizem : claro, ela  precisa de um macho. Não basta ser a primeira presidenta de um país do tamanho do  Brasil. Tem que ser linda e ter um homem.
O fato é que nós mesmas, mulheres ( confesso que sou afetada por este pensamento na maioria das vezes) somos levadas a acreditar que uma mulher com aparência descuidada e que não tem um parceiro não imprime feminilidade. Eu muitas vezes me sinto frágil e não consigo resolver minhas próprias questões e tenho medo que o príncipe não me traga o final feliz que desejo, me esquecendo de que eu mesma devo traçar e construir este “final feliz”.
Assim, podemos dizer que as Princesas são uma importante fonte para o repertório de gênero entre as crianças, é justamente pela associação entre beleza e glamour que elas se constituem enquanto ícones da feminilidade.
É claro que, desde o lançamento da Cinderela até os dias atuais, muitas coisas mudaram, as mulheres passaram a ter mais funções e as próprias princesas, passaram a ser mais agentes da sua própria história, como é o caso da princesa Mulan. Entretanto eu ainda me entristeço ao perceber que mesmo depois de ter enfrentado um exército e feito o imperador se ajoelhar diante de si, a honra e felicidade da mesma ainda fica atrelada ao seu casamento com o jovem líder do seu regimento.